quinta-feira, 11 de julho de 2013

Banda Senhor X comemora o Dia Mundial do Rock, neste sábado (13), às 23h, no Paulistânia Rock Bar

                                                                                                                                         Marcelo Brigato

A banda Senhor X se apresenta neste sábado (13), a partir das 23h, no Paulistânia Rock Bar, em comemoração ao Dia Mundial do Rock. Com 16 anos de carreira, a banda Senhor X é formada por Carla Viana (voz, guitarra e efeitos), Beto Leonetti (guitarra, voz, piano e sintetizadores), Beto Braz (contrabaixo, voz e guitarra slide) e Alysson Rezende (bateria).

O Dia Mundial do Rock foi instituído há 38 anos, em 13 de julho de 1985, quando o músico irlandês Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra e na Filadélfia, nos Estados Unidos, com o objetivo de protestar e angariar fundos para combater a fome na Etiópia, na África.

O evento contou com a participação do The Who, Status Quo, Led Zeppelin, Dire Straits, Madonna, Queen, Joan Baez, David Bowie, BB King, Mick Jagger, Sting, Scorpions, U2, Paul McCartney, Phil Collins, Eric Clapton e Black Sabbath. Desde então, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.

Em 2005, duas décadas depois do show, Bob Geldof organizou o Live 8, com estrutura maior e shows em mais países com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres e erradicar a miséria do mundo. Na ocasião, o grupo de rock britânico Pink Floyd se reuniu especialmente para o evento, após 20 anos de separação.

O Senhor X relembra sucessos de grandes bandas como Pink Floyd, Led Zeppelin, The Who, entre outras, no Paulistânia, que fica na rua Daniel Kujawski, nº 193, em Ribeirão Preto, SP. Os ingressos custam R$ 10 (mulher) e R$ 12 (homem).

Valeu Mestres Androzes André, Ale, Beto, João, Enio, Márcio, Manga, Rudah, Francis e Cia

Show de lançamento do CD Mestre Androz na Casa de Pedra, quarta-feira (10), no Sesc Ribeirão

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Pó de Café Quarteto toca na primeira edição do Coisa Jazz no Kaiser, sexta-feira (12), às 22h

O Pó de Café Quarteto, que acabou de lançar o primeiro CD, é a atração do primeiro Coisa Jazz no Kaiser, promovido pelo Espaço A Coisa, dia 12 julho, a partir das 22h, nos Estúdios Kaiser de Cinema. O grupo apresenta faixas do novo CD, além de interpretações para clássicos do jazz e temas instrumentais da música brasileira.


O grupo ficou a frente por mais de dois anos do projeto Jazz na Coisa, trazendo e formando o gosto pelo Jazz em Ribeirão Preto. O quarteto formado Bruno Barbosa (contrabaixo), Duda Lazarini (bateria), Marcelo Toledo (saxofone e flauta) e Murilo Barbosa (piano) contará com a participação do trompetista Marcelo Rocha.

O CD Pó de Café foi produzido pelo contrabaixista Bruno Barbosa e tem oito faixas, todas instrumentais, que transitam entre samba, jazz, baião, baladas e outras fusões. Conta com as participações e composições dos músicos Mauro Zacharias, Caetano Ribeiro, Carlinhos Machado, Rubinho Antunes, Murilo Barbosa, Mário Feres, Bidinho e João Magioni. O projeto do CD foi viabilizado por meio do PIC – Projeto de Incentivo à Cultura da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

A noite também conta com Mamute nos Malabares e discotecagem do DJ Kcond, que rola grooves que vão do soul à música brasileira, sempre com discos de vinil. Os Estúdios Kaiser de Cinema ficam na rua Mariana Junqueira, nº 33 – Centro. A entrada custa R$ 15. O estacionamento, com capacidade máxima de 100 carros, custa R$ 5. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (16) 3625-3600.

terça-feira, 9 de julho de 2013

André Perim lança CD Mestre Androz na Casa de Pedra, quarta (10), às 20h30, no Sesc Ribeirão

O compositor André Perim lança o CD Mestre Androz na Casa de Pedra, primeiro trabalho solo do músico, gravado em 2012. O show será nesta quarta-feira (10), às 20h30, no auditório do Sesc Ribeirão. As 13 faixas do álbum são o resultado da fusão entre arte e psicologia, alternando rock, balada, pop, samba, funk, ijexá e salsa.

Perim será acompanhado pelos músicos Alexandre Peres (guitarra e cavaquinho), Beto Leoneti (guitarras), João Naccarato (contrabaixo), Enio José Porfirio Soares (bateria), Rudah Felipe (percussão), Ale Carolo (piano e teclado), Márcio Bá (saxofone) e Manga Morais (trompete). A produção é de Francis Wiermann.


O CD independente foi idealizado em quase três anos de trabalho e está disponível apenas na versão digital para download. Segundo Perim, esse é o veículo atual e o que traz retorno mais rápido para o músico. As músicas estão disponíveis, gratuitamente, no site da Soundcloud.
                                                                                                                                    Fotos: Ale Carolo
Foto tirada segunda-feira (08),  no último ensaio da banda antes do show 
Os ingressos para o show Mestre Androz na Casa de Pedra custam R$ 10 (inteira), R$ 5 (meia) e R$ 2,50 (trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes). O Sesc Ribeirão fica na rua Tibiriçá, nº 50. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3977-4477.

terça-feira, 11 de junho de 2013

Diogo Nogueira canta sambas de sucesso, nesta sexta-feira (14), às 21h, no parque Maurílio Biagi

O cantor carioca Diogo Nogueira embala sambas e choros de sucesso, nesta sexta-feira (14), às 21h, no palco principal do parque Maurílio Biagi, em Ribeirão Preto, SP.  A artista é um dos representantes da nova geração do samba. Ele pede passagem para mostrar, entre outros sucessos, as canções de seu mais recente trabalho, CD Diogo Nogueira, gravado ao vivo em Cuba, em 2012.

Aos 31 anos, Diogo Nogueira também é compositor e vem de uma nobre linhagem do samba. Filho do saudoso sambista João Nogueira, acostumou-se desde cedo a ser embalado por choros e sambas. Chegou a treinar futebol na categoria de base de clubes no Rio e Porto Alegre, mas se machucou e desistiu. A MPB ganhou um grande artilheiro.

                                                                                                                                                                    Divulgação

No final de 2005, participou do show realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, comemorando os 40 anos de carreira da cantora Beth Carvalho. Naquela noite, o sambista emocionou a plateia ao interpretar "O Poder da Criação". Em 2007, gravou o primeiro DVD no Teatro João Caetano, no Rio, com clássicos do samba e inéditas, ao lado de Marcelo D2, Xande de Pilares e o violonista Marcel Powell.

Diogo foi um dos indicados ao Prêmio Multishow de Música Brasileira de 2008, na categoria "Revelação". Em novembro do mesmo ano, Diogo participou da festa do Grammy Latino 2008, no Texas, EUA, prêmio que foi indicado na categoria principal, como "Artista Revelação", e ainda fez shows em Los Angeles e San Diego.

Em junho de 2009, o cantor lançou o segundo CD de sua carreira, "Tô fazendo a minha parte", no qual apresenta músicas inéditas, de sua autoria e de compositores como Chico Buarque, Ivan Lins, Arlindo Cruz, Almir Guineto, Xande de Pilares, Flavinho Silva, dentre outros.
Washington Possato
Em outubro de 2009, Diogo Nogueira se sagrou tetracampeão na Portela, co-assinando, pelo quarto ano consecutivo, o samba-enredo da escola de samba do coração da família Nogueira. Tanto em 2007, quanto em 2008, o samba-enredo feito por Diogo recebeu notas máximas de todos os jurados no desfile da Portela.


Em julho de 2010, o cantor gravou o segundo DVD de sua discografia, “Sou eu”, no palco do Vivo Rio, que teve os cinco mil ingressos esgotados na véspera. No show, Diogo recebeu a participação de Chico Buarque, Ivan Lins, Alcione, Hamilton de Holanda e dos bailarinos da Cia. de dança Carlinhos de Jesus. Seguiu então em turnê na Europa.

Em 2010, Diogo ganhou o Prêmio VMB da MTV Brasil, na categoria “Melhor artista de MPB”, além de ter concorrido ao melhor clipe do ano, um fato inédito na história da MTV para um clipe de samba. Em novembro do mesmo ano, o cantor ganhou o Grammy Latino, na categoria brasileira de “Melhor Álbum de Samba”, pelo disco “Tô fazendo a minha parte” (EMI Music).

João Nogueira, pai de Diogo
O artista fez shows nos Estados Unidos e Cuba. Na "ilha de Fidel", Diogo se apresentou no Teatro Karl Marx, com plateia lotada e participação do grupo cubano Los Van Van. Em 2012, além do lançamento de seu CD homônimo, gravado em Cuba, Diogo lançou o “Sambabook João Nogueira”, uma homenagem à obra de seu pai, João Nogueira.


Aperitivo do Sesc Ribeirão traz a mescla musical de Thiago Neves, domingo (16), das 11h às 13h

O músico Thiago Neves apresenta um repertório de samba, forró, xote e funk music, neste domingo (16), das 11h às 13h, na área de convivência do Sesc Ribeirão. O artista será acompanhado por Palinha Guita (violão) e Gabriel Molina (percussão). O Sesc fica na rua Tibiriçá, nº 50 - Centro.

Com 36 anos de idade e 22 de carreira, Thiago passou por diversas bandas e projetos de Ribeirão Preto, como vocalista das bandas Metrópole, Londres, Rota 66, Álibi, entre outras. Atualmente integra a banda Maquinativa, junto com Palinha Guita, Aldary Silva "Junião" (baixo) e Daniel Vilas Boas (bateria).

"Tive alguns projetos acústicos com o guitarrista e vocalista Neulis, há uns 15 anos. Ele me inseriu na MPB e, de lá pra cá, venho aperfeiçoando uma mescla de estilo, misturando rock com MPB, maracatu e funksoul music", disse o artista. No show de domingo, no Sesc, Thiago vai cantar e tocar bongô.

Irreverência no show da banda Maquinativa no Bronze Night Club



Larissa Baq apresenta canções do EP iR, sexta (14), às 20h, no palco do parque Maurílio Biagi

A percussionista, compositora e cantora Larissa Baq se apresenta na noite de sexta-feira (14), às 20h, no palco principal do parque Maurílio Biagi, em Ribeirão Preto, SP. A artista apresenta canções de seu primeiro trabalho solo, o EP iR, com produção musical de Fernando Nunes. O show integra a programação da 13ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto.

Larissa é natural de Franca, SP, e iniciou-se na música aos 12 anos. Estudou percussão com Mestre Dinho Gonçalves e James Mueller, violão com Ronaldo Sabino, trompete com Fausto Henrique e canto com Carlinhos Pessoa.


A cantora foi finalista do concurso Vale Cantar Noel, do 21º Prêmio da Música Brasileira (antigo Prêmio TIM, Prêmio Sharp), com uma versão do clássico do Poeta da Vila "Rapaz Folgado".  Ficou em destaque dentre os 10 finalistas e ganhou visibilidade em todo o País.

Representando a nova safra de cantores e compositores brasileiros, em 2012 foi convidada a participar do Brazilian Day Barcelona, na Espanha, para onde levou o show do EP iR. Em turnê de dois meses pela Europa, cantou em Londres (Ronnie Scotts Jazz Club, Guanabara, Primo Bar), Paris (Bellevilloise), Lisboa (Mini Teatro Lisboa, Fnac Chiado, Fnac Algarve), Porto (Breyner85) e Barcelona (Jamboree Jazz Club).

Teve sua música de trabalho tocada em rádios de Portugal e da Espanha, estando entre as cinco mais ouvidas na Rádio Kapa de Barcelos, em Portugal, em apenas dois dias de execução. Larissa também é integrante do ”Z4 – Percussão Ambulante” e BAK – Live Percussion.